Loading...

domingo, 29 de agosto de 2010

PARA TI...

Para ti...

Meu espírito mais leve,

Parece flutuar dentro de mim.

Nestas palavras breves...

Que te escrevi.

Saudade é dor demais

Para se sentir,

Mas que também serve

Para dividir,

Mesmo que por folhas de papéis,

Rabiscadas em tintas azuis-celestes;

Que do fundo da alma de um moribundo transcreve,

Palavras tiradas de uma canção em forma de “blues”.

Edson Filho

Em, 20/08/10 (À Carol Lourenço –Goiandira- Goiás)