Loading...

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

A revolução em mim!



A revolução em mim!


              Descobri que nada fiz. Hoje, quando acordei e me olhei no espelho, vi apenas uma sombra, o resto de mim.

              E lembrei de ontem, que pensava ter dito e feito tudo...
              Quando nasci, já nasci revolucionário, não chorei, gritei, gritei para anunciar ao mundo a minha chegada. Porque já não admitia o choro submisso e oprimido do recém-nascido.

              Revolucionei!

              Despertada a adolescência, briguei, fiz passeatas, me juntei aos movimentos, todos! E protestei, apanhei, bati, fui preso, fui solto, lutei!

              Fiz valer os meus direitos para que direitos iguais fossem estendidos aos meus companheiros e aos lerdos cidadãos desta nação.
              Adoeci, hospitalizado, nocauteado pela frágil condição de ser humano, parei e fiquei, pela primeira vez, refém da implacável fragilidade física do homem. Foi então que descobri quantos amigos havia conquistado, o quanto deixei de olhar por mim, quantas pessoas queridas havia magoado, o quanto tinha sido intolerante e arrogante, quanta estupidez cometi.

              Porque não parei, não refletir, não conjeturei, agi por impulso, e, durante todo esse tempo, jamais havia olhado para dentro de mim.

              Esqueci, que toda revolução, deveria ter começado em mim!


Edson Filho

5 comentários:

  1. sempre leio suas postagens, acho otimas. to passando mesmo para deixar um xero curitibano, bjkas poeta.

    ResponderExcluir
  2. To pssando para deixar outro xero curitibano. bjkas.

    ResponderExcluir
  3. Querida Iara, obrigado pelo carinho....aproveito e mando-te beijos e abraços!

    ResponderExcluir
  4. E que pena teres parado... Não cortes relações com o mundo. Aceita-o. E se puderes, molda-o um pouco porque todos os homens são feitos de barro!
    CONTINUA...
    Beijo
    Graça

    ResponderExcluir
  5. Querida Graça, obrigado pelo comentário...Mas não parei, como dizem por aí: a luta continua companheira...rsrsr.. Relamente ando um pouco sem tempo para os posts, mas em breve retomo as postagem aqui neste blog...Bjos e obrigado novamente.

    ResponderExcluir