Loading...

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Desejo profundo


Desejo profundo

Hoje, acordei sonhando que minhas mãos corria sua pele negra e macia,

Meu espírito todo vibrava por tua atenção, um único olhar teu em minha direção...

Senti o vento trazer teus cabelos para acariciar meu rosto suado de desejoso de ti,

Tua camisola de transparência provocadora, não escondia as curvas que deliravam nos meus pensamentos. Tu estavás lá, deitada na alcova dos meus desejos secretos, como uma princesa aguardando ser possuida pelo seu príncipe.

Eu sempre imaginei possuir uma mulher como você, cheia de desejos, cheia de sonhos e que traz na pele e no olhar um ardente calor em busca de prazer.

Que no ninho feito pela lasciva do nosso amor, se deixa embriagar pelo que vivemos ali, como se o mundo inteiro deixasse de exitir, como se ele fosse feito só pra nós dois...

Um mundo inteiro contemplando nosso amor, nossas carnes fervilhando, nos banhando numa cachoeira de prazer e suor onde nada é pecado, não há limites, tudo é permitido entre nós, na busca insaciável por nossa nirvana, que só poderá ser alcançada pelo prazer extremo.

Tua carne, tua boca, tua vergonha é todo o alimento que sacia minha fome, tu és o único sonho que quero sonhar. Percorro palmo a palmo, cuidadosamente, cada centímetro do teu corpo, cada pelo, cada gota de suor,cada suspiro, buscando sempre teu olhar carnal, teus suspiros e gemidos são as músicas mais deliciosas que chegam aos meus ouvidos.

Às vezes, até urramos juntos como dois animais selvagens, saciando nosso cío nessa alcova dos prazeres, que contigo, parecem eternos e inexoráveis, que não tenha fim, então!

De repente, um barulho familiar soa em meus ouvidos, trim! trim! trim! trim... Droga, meu despertador! Me tirou da fantasia que me fazia delirar...e fez acordar...O dia começou novamente, depois do prazer, o dia será só angustia.... até um novo luar...Arffff!

Edson Filho

Um comentário:

  1. Esta postagem me encanta a começar pela foto, que deslumbre, a mescla das 2 cores , 2 raças, quanto
    ao seu poema, impecável, sensual, a impressao que se tem é que as palavras escorreram dos corpos e
    se deitaram em paz profunda numa folha de papel. PARABENS.

    ResponderExcluir